Todos os posts em: Passeios

Paris como um parisiense

Image: @mattglm (via Unplash) Por Bel Sliominas Este post inaugura uma série de conteúdos maravilhosos sobre esta cidade que divide opiniões : PANAME 😉 Estou à 8 meses morando em Paris e já tenho muitas histórias para contar e dicas para você que quer ser um « quase-local »… Eu entendo perfeitamente a necessidade em tirar a foto clichê em frente à Torre Eiffel (confesso que de vez em quando eu faço também), mas existem bairros, ruas e lugares secretos, sem tanta concorrência e simplesmente incríveis que vale anotar, pra sua próxima visita. Pensando nisso, pensei em 10 passos em como ser um quase-local em Paris. Bora lá? 1) INSTAGRAME Abra o Instagram e procure as hashtags #paris ou #parissecret e olhe os resultados que te agradam na timeline. Você vai se surpreender com a quantidade de lugares que vai encontrar para visitar e que ainda nao conhece, fora do circuito turístico. Ver fotos de um restaurante, uma rua charmosa, um museu diferente, tudo sob o olhar de terceiros pode ajudar nessa busca. Depois é só …

[Final de Semana] São Sebastião, um pedacinho do paraíso no litoral de São Paulo

Já escutei diversas vezes pessoas falando que em São Paulo não há praias bonitas, que para conhecer lindas praias é preciso viajar para longe. Com certeza essas pessoas não conhecem o nosso litoral norte. A minha cidade preferida da região é São Sebastião, dotada de lindas praias, águas esverdeadas e paisagens paradisíacas, é uma ótima pedida para um fim de semana. A distância de São Paulo é de 199km, podendo ficar maior ou menor dependendo do bairro em que você for se hospedar. De carro é bem tranquilo, é possível ir pela Tamoios, Mogi-Bertioga ou pela Rio-Santos a partir da Piaçaguera-Guarujá. Costumo ir pela Imigrantes e pegar o acesso à Rio-Santos pela Piaçaguera-Guarujá, porque moro próximo a Regis Bittencourt e Rodoanel, facilitando assim meu acesso, e também porque costumo ficar mais na Costa Sul da cidade, levo em torno de 3 horas a 3 horas e meia para chegar. Minha última visita à cidade foi em dezembro, a ida teve um motivo especial: fui nadar a travessia aquática Fuga das Ilhas na Barra do Sahy, …

Curitiba: Universidade Livre e Maravilhosa do Meio Ambiente!!!

A Universidade Livre do Meio Ambiente foi fundada em 1991, no Dia Nacional do Meio Ambiente, na gestão do então prefeito de Curitiba Jaime Lerner. A Universidade foi criada inicialmente como uma unidade da Prefeitura Municipal destinada e disseminar práticas, conhecimentos e experiências relacionadas às questões ambientais, discutindo os problemas e as soluções relacionadas ao crescimento desordenado das cidades. Em 20 de julho de 1.992, a Universidade Livre do Meio Ambiente foi transferida para responsabilidade de uma entidade mantenedora de caráter não governamental, denominada Centro de Estudos Ambientais e Urbanos – CEAU, legalmente constituída como uma associação civil sem fins lucrativos. Em julho de 1.996, a UNILIVRE tornou-se pessoa jurídica de direito privado, com autonomia jurídica, administrativa, financeira e plena gestão de seus bens e recursos. EM 2002, a UNILIVRE tornou-se uma entidade do Terceiro Setor, qualificada pelo Ministério da Justiça como uma OSCIP – Organização Social Civil de Interesse Público, voltada para o Desenvolvimento Sustentável Urbano e a melhoria da qualidade de vida urbana. A inauguração, em 05 de junho de 1992, contou com …

Que saudade de Portugal e do meu bacalhau!!!

Foto: arquivo (Juliana Menezes) Lembra quando falamos de restrição alimentar? É tão gostoso comer, a comida nos traz tanta lembrança, pra que restringir, né? Pois bem, esse final de semana foi aniversário do meu pai e eu queria comemorar em algum restaurante legal, foi ai que logo lembrei de um bacalhau com natas que comi em Portugal, logo falei “vamos procurar um restaurante português”. Acabei escolhendo o “Ora Pois”, um restaurante situado na Vila Madalena (outro lugar que amo), de três irmãos lisboetas que tinham o sonho de ter um restaurante português, sem grandes pretensões, mas onde se pudesse comer uma boa comida a preço justo como é comum em Portugal. O local é uma gracinha, pequeno e charmoso, todo com decoração portuguesa e com louças que são um mimo a parte. Obviamente pedi meu bacalhau com natas. Como é gostoso comer algo com vontade e ter sensações como da primeira vez que comi esse prato, lembrei do restaurante em Porto, próximo do Rio Douro, do vinho que acompanhou e do sabor da comida. É aquela …

Lanche pós-rolê em São Paulo: Osnir Hamburgueria

Saímos ontem à noite de uma sessão ao ar livre na Cinemateca Brasileira (sem palavras pra descrever o que foi aquilo) e que como terminou após 22h00 precisávamos de um lugar 24 horas pra comer. Nossa tentativa de encontrar a única padaria 24h na região da Vila Mariana foi frustrada. O gps nos mandou até a rua certa, mas cadê a padaria? Ocasionalmente nós encontramos uma hamburgueria com jeito simpático, uma vaga disponível ao lado – vamos comer aqui! Estávamos em dois casais, dois grandes amigos do Rio Grande. Sempre queremos garantir a melhor experiência para os dois. Entramos na Osnir Hamburguer, fomos para o andar superior, nos acomodamos e fizemos nossos pedidos. Fundada em 08 de Maio de 1969 por Osnir Zerbinatti, foi uma das primeiras lanchonetes de São Paulo a fabricar o próprio hamburguer, um trabalho artesanal que foi passado de pai para filho. O cardápio é tão variado que a gente fica perdido no início. É caprichoso e não é gosmento (sabe quando você vai à um lugar e o cardápio está todo …

Praça Vinícius de Moraes (a preferida dos quatro-patas ♥)

Quem mora em São Paulo e tem pets em casa vive sob o dilema de, aos finais de semana, encontrar locais pet friendly onde possam passear com segurança e fazer suas refeições sem que elas tenham que ser pra viagem! 😀 Quem nunca? Os parques da cidade devem ser escolhidos à dedo: precisam ter segurança, para que os bichanos não sejam atropelados por bicicletas, patins e afins. Tá certo que em São Paulo, uma cidade moderna e cosmopolita, não é difícil de encontrar parques em que já existam lugares reservados para que os pets fiquem soltos e interajam com outros. Isso, aliás, é muito importante para que eles aprendam e saibam se socializar. Entre as opções, está a Praça Vinícius de Moraes, na zona sul de São Paulo. Ela é enorme, maior do que muitos parques que conhecemos ou tão grande quanto. Os cachorros e donos de cães já são frequentadores assíduos de modo que andar com o cachorro sem coleira é normal, por ali (aconselhadíssimo, se você confia que seu cão tem um bom comportamento). Além de …

Descobrindo os bairros: um rolê pelo Alto de Pinheiros

Alguém ouviu dizer que São Paulo é cinza? Quem diz isso é porque não conhece nossas cores, nossas referências multiculturais, nossa cultura urbana. São Paulo está cheia de intervenções artísticas – o que a torna ainda mais interessante, é como se a arte dialogasse com a cidade. Nós vamos compartilhar com vocês nossos rolês por aí – estamos começando com os rolês antigos, mas vem muito mais pela frente, com vídeos e tudo. Neste post vamos mostrar três lugares interessantes no Alto de Pinheiros, que receberam intervenções artísticas – o grafitismo – dialogando com a estrutura de seus ambientes. A Praça do Pôr do Sol é muito conhecida e muito frequentada. As pessoas vão para fazer piqueniques, conversar, observar o pôr do sol, namorar ou praticar slackline. A vibe é total do bem. Ninguém te incomoda, estão todos na paz. Nós fomos em uma tarde nublada e usamos uma câmera de filme: ficamos devendo uma visita em um dia ensolarado, para bater palmas durante o entardecer! Vale mencionar que ali perto, na Rua Pedroso de …