Reflexões

Reflexões sobre a lealdade – e por que ela é tão importante nas relações humanas

Ser leal a alguém, em qualquer época e circunstância está acima de qualquer status de relacionamento e é a prova maior do valor de alguém para você e do valor que você deseja ter na vida de alguém.

As pessoas sempre dizem por aí sobre a diferença entre alguém ser fiel e ser leal. E que uma pessoa pode não ser fiel, mas precisa ser leal. As duas características são bem semelhantes. Na Bíblia, por exemplo, toda vez que se diz sobre Deus estar sempre atento aos seus filhos/seguidores, diz que Ele é fiel. Não se usa a palavra leal, embora seja esta a maior característica de Deus (para os que crêem).

É interessante a reflexão sobre lealdade. Eu acho que em qualquer relacionamento que nós estabelecemos com as pessoas e a quem atribuímos valor em nossas vidas, buscamos ser leais. O que é ser leal? É, talvez, responder à confiança que a outra pessoa tem em você (essa é uma definição minha). É conservar o valor que aquela pessoa tem pra você, não importa as circunstâncias. É atribuir um grande valor ao que aquela pessoa significa para a sua vida. Portanto, acima de tudo que possa vir a acontecer na minha vida e na sua, eu busco ser leal a você, não apenas porque você tem valor pra mim, mas porque eu quero ter valor para você! Porque você confia em mim. Que lindo que é isso, não?

Eu estava lavando a louça hoje à tarde e pensando sobre isso. Será que eu perdoaria a infidelidade de um parceiro? Será que eu reagiria com agressividade, se estivesse me relacionando com alguém que se apaixonasse por outra pessoa? Veja, na vida nós não temos controle sobre nada. Muito menos sobre as pessoas que estão ao redor, sejam elas parceiros, filhos, parentes. É tão importante a gente ter ciência de que não tem controle sobre a vida delas, quanto ter consciência de que a vida delas, a mente delas e o coração delas não nos pertencem. Isso te preocupa? Não deveria. Se teu parceiro (ou tua parceira) está com você, é porque ele escolheu estar. E é preciso viver a beleza deste relacionamento enquanto ele durar. Ele pode durar pra sempre, como o relacionamento dos nossos pais (de maneira geral), como pode mudar quando dobrar a esquina. O importante mesmo é que vocês sejam leais um ao outro – a lealdade sim, não tem prazo pra acabar, o que não significa que você pode fazer o que sentir vontade por aí (se optou por um relacionamento monogâmico). Significa apenas que aconteça o que acontecer entre vocês, não devem perder o valor que vocês têm um na vida do outro.

Eu acredito que nós sofremos menos se tirarmos da nossa mente o caráter definitivo das coisas, o que seria muito mais adequado à realidade, já que pessoas são volúveis, pessoas mudam, se transformam. Hoje podemos ser de um jeito, querendo uma coisa, amanhã podemos ser completamente diferentes e pensando de outra forma. Poderíamos, de outra forma, pensar: eu estou inteira com você, agora. Não sei o que o amanhã nos reserva, mas você sempre vai poder contar com a minha honestidade, a minha lealdade, a minha parceria. A minha verdade!!!! Isso é muito mais importante do que ter posse sobre alguém. Ter o respeito e a parceria de alguém, aí sim para a vida inteira não importa o que aconteça, é muito valoroso – e independe do que possa vir a acontecer, do que eu ou você podemos fazer de certo ou errado. Muita coisa muda, mas o meu respeito e minha parceria contigo, não mudam.

Eu estou me atendo aos relacionamentos entre duas pessoas, mas isso poderia ser aplicado aos relacionamentos entre pais e filhos, entre amigos, entre irmãos. Em outras palavras: as pessoas podem fazer cagadas. Ele ou ela, pode fazer uma cagada. Eu posso fazer uma cagada. Você pode fazer uma cagada. Porque nós somos humanos. Mas deveríamos dar mais valor à capacidade de corresponder ao valor que alguém te dá na vida dele ou dela. E novamente digo que isso não significa (em um relacionamento) que podemos sair por aí pegando todo mundo, porque “o importante é a lealdade” – a menos que você esteja em um relacionamento aberto. Quero só dizer que precisamos dar ênfase para os valores certos.

Ser leal é quando mesmo brigada com aquela amiga, você cuida dela ou faz algo por ela quando precisa. Ser leal é colocar suas amizades e família em primeiro lugar. É corresponder à confiança que as pessoas importantes na sua vida têm em você, mesmo que você não consiga atender a todas as suas expectativas: “eu tentei”. “Eu posso melhorar”. “Eu não sei. Mas posso aprender!”. “Eu tenho medo. Mas se você estiver junto comigo, eu enfrento”. E tanto mais. Ser leal é quando você fica um tempão sem falar com aquela amiga de infância, mas todas as vezes que algo importante acontece na sua vida ou na dela, vocês contam uma pra outra: estou grávida. Estou doente. Me separei. Vou casar. Porque a lealdade não muda e não depende de nenhum outro fator que não o nosso zelo e a nossa vontade. Ser leal é dizer aquilo que ninguém tem coragem de dizer, aquilo que é difícil dizer – mas que é preciso, para o bem e a felicidade da pessoa que você ama. Ser leal é dar o espaço que ela precisa, quando precisa. E esperar este tempo. E estar de coração aberto quando ela voltar.

Ser fiel é necessário, porque vivemos relacionamentos monogâmicos, por escolha nossa. É um compromisso que assumimos com outra pessoa. Mas ser leal a alguém, em qualquer época e circunstância está acima de qualquer status de relacionamento; é a prova maior do valor que esta pessoa tem para você e do valor que você deseja ter na vida dela. O que na minha opinião (que é modesta rs), é algo muito, muito lindo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: