Entretenimento

The Post: O filme que você PRECISA assistir

Não, não é porque tem a Meryl Streep, por mais que – sim – tudo o que ela faz, a gente tenha que assistir, porque ela é foda. Não é também porque tem o Tom Hanks, que é um ícone.

É porque é uma história real, que retrata a necessidade de uma mulher se firmar diante de um monte de homens – muitos deles poderosos – em um tempo em que o espaço da mulher se restringia da porta de casa pra dentro.

É porque é a história de duas grandes potências do jornalismo americano – quiçá mundial – enfrentando quase que a si mesmos (quem tem peito pra enfrentar o governo americano, em qualquer época?).

É a história real em que a democracia e a liberdade de imprensa são levadas à cabo.

E é um dos poucos filmes que eu sinto vontade de rever, de pagar outro ingresso no cinema pra assistir de novo. E ver aquela cena do telefone, quando os jornalistas, repórteres, diretores e membros do conselho do The Washington Post ligam para a dona da empresa (que é a viúva do fundador) para perguntar:

_ A gente joga a merda no ventilador, ou a gente não joga?

Esse olhar, manas!!!!!!!!!!

Esta cena é muito FODA. Os olhos dela. As feições. A reação. A firmeza, mesmo sentindo medo e incerteza do que vem pela frente. E a atriz (talvez uma das poucas, talvez a única???) que é capaz de transmitir todas estas sutilezas e nuances tão sutis, às vezes em segundos. Porque às vezes você tem um instantinho de cena. E você vai lá e arrasa!

Eles encontram provas de que o Governo Americano manda tropas para a Guerra do Vietnã sabendo de que não conseguiriam vencer, e sabendo que dizimariam centenas de jovens vidas. O Times publica um pedaço da história e logo o Serviço Secreto Americano vêm com tudo, eles recuam, porque tem muita coisa em jogo.

Acontece que a fonte que serviu pra um, serve pro outro também. The Post foi atrás e conseguiu a merda inteira, toda ela. A história então é sobre a firmeza de uma mulher negligenciada e humilhada por todos os seus parceiros, sobre a decisão mais difícil de sua vida.

Mas é também um filme sobre coragem – e dignidade.

Você PRECISA ver este filme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: