Casa

[Pets] Hotelzinho ou Pet Sitter?

Antes de começar a falar sobre este assunto eu gostaria de dizer que este é um relato da minha experiência e a minha opinião pessoal sobre o assunto. Não deve ser levada em conta de maneira definitiva para desqualificar opções que eu tenho menos preferência.

Tenho dois shih tzus adultos, de 2 e 1 ano respectivamente, machos, castrados, vacinados, vermifugados, sem pulgas, sem carrapato… enfim. São mais bem cuidados que eu! rs… Muitas vezes eu fico sem grana pra almoçar, mas a ração deles nunca falta. E na hora de viajar ou de ficar muito tempo fora, quem tem cachorro sabe que é um cuidado e uma preocupação extra a ser levada em conta. Com quem deixar os dogs?

Eu já utilizei pet sitter na minha casa. Já hospedei os dogs em um hotel fazenda e já os deixei na casa de uma pet sitter. Então tenho as três experiências pra contar e compartilhar com vocês!

Pet Sitter em Casa (Daycare)

Quando eu sei que vou ficar muito tempo fora ou quando vou sair à noite (não tenho o hábito de deixar os dogs sozinhos à noite, porque não sei se vão latir muito ou chorar e incomodar os vizinhos) eu costumo pagar uma pet sitter pra ficar na minha casa cuidando deles.

Pra fazer isso, você precisa confiar na idoneidade da pessoa que está colocando dentro de casa. Por isso é legal usar um dos sites específicos pra isso (como a Dog Hero ou Pet Anjo). Ou então arranjar uma pessoa conhecida. É fácil fazer isso, só anunciar no seu Facebook algo como: galera, vou sair dia tal e preciso de alguém pra ficar com o Rex. Aí você decide se sim ou não. Aqui eu tenho uma vizinha que é uma menina e que era baby sitter e no meu caso, quando eu a contratava, eu dizia pra ela que eram dogs e não bebês! A menina é bem tranquila, vem com um livro na mão e fica o tempo todo no celular ou lendo o livro. Eu um dia pedi uma pizza e uma guaraná pra ela (era um sábado à noite). Voltei e ela tinha comido só uma única fatia da pizza rsrs.

O que pega é que ela cobra R$15,00 por hora e comparando com a taxa de day care dos dois sites acima, o valor acaba não compensando.

Pet Hotel (ou daycare)

Se você for viajar e precisar deixar com alguém, sem incomodar ninguém da família, vai precisar colocar no orçamento da viagem este serviço. Uma vez fui para Curitiba e descobri que a maioria dos parques de lá não eram pet friendly. Então, tive que deixá-los em um hotelzinho. O hotel era há 20 minutos de Curitiba, bem no meio do mato e eu escolhi de propósito, exatamente pra que eles tivessem contato com a natureza, se sujassem mesmo, porque como são cachorros de apartamento, eles não tinham esta vivência.

O lugar era maravilhoso e os funcionários muito carinhosos. O problema é que por mais que eu tenha deixado todas as orientações sobre os dois, do tipo: separá-los na hora de comer; não deixar comida à vontade na casinha/gaiolinha onde eles ficariam, etc… quando fui buscá-los vi que isso não foi cumprido. Além disso, eu tinha comprado a ração errada – e era visivelmente errada, porque era para cachorros grandes, a ração parecia uma bolacha – e achei que eles poderiam ter me ligado pra confirmar: ei, mãe, você costuma dar esta ração grandona para seus shih tzus mesmo? A conclusão: quando fui buscá-los, um deles (o que come a ração por dois) estava gigantesco e tinha machucado o intestino porque justamente ele não mastiga a ração direito.

Eu não culpo o hotel, mas eu acho que este é um problema dos hoteizinhos. Eles não conseguem dar atenção para as necessidades específicas de cada cachorro, porque precisam cuidar de vários. Para um hotel ser legal, precisa ter vários funcionários e não um ou dois pra cuidar de todos. Por isso, se você está cogitando um hotelzinho ou um daycare, tente entender a média de cachorros que eles cuidam e quantos funcionários são. Peça referências, converse com outros donos de pet, veja fotos, veja vídeos e se possível vá conhecer o local com antecedência.

O bom do hotelzinho é que os cachorros socializam e fazem atividades, ou seja, eles acabam se divertindo também.

Pet Sitter (seu dog na casa de alguém)

Se você usar uma das plataformas que indiquei (ou outra semelhante), verá que pode ler indicações, notas e depoimentos de outros donos que já deixaram pets sob seus cuidados. Você ficará tranquila com relação à idoneidade e cuidados. O bom de deixar seu pet na casa de alguém é que ele receberá atenção e carinho exclusivo. Esta pessoa vai querer saber de você todos os detalhes sobre o bichinho, vai te mandar fotos, vídeos e ele se sentirá em casa e realmente amado. Não acho que em um hotel, haja tempo para os cuidadores darem colo, carinho e atenção exclusiva – e isso faz muita diferença na hora de deixar um pet com outra pessoa, especialmente se ele for muito apegado à você. Na hora do chorinho, o pet sitter vai colocá-lo no colo, dar carinho e isso faz diferença.

Veja se esta pessoa já tem um pet e se é sociável. Veja se o seu pet também é. Dê todas as orientações com sinceridade: no meu caso eu deixei claro que ela não poderia deixá-los sozinhos, ou eles ROERIAM seus móveis. É melhor ser franco (a) do que ter que pagar o prejuízo depois! rsrs… e neste caso, não adianta só seu pet estar com tudo em dia, é necessário que o cachorro do anfitrião também esteja, para o seu não ser contaminado (e vice-versa). Se possível, sempre obtenha depoimentos e indicações.

Eu deixei os meus cachorros na casa da minha vizinha que faz este serviço. Eu já tinha trocado uma ideia com ela e percebi que é uma pessoa fofa, carinhosa, idônea. Eles ficaram dois dias com ela e não deram trabalho nenhum. Recebi fotos, vídeos. Não deram trabalho na hora de comer, não choraram, não roeram nada. E ela conseguiu lidar com os meus dois dogs e a Golden dela.

Qual seria minha opção se fosse precisar hoje?

Eu não deixaria meus cachorros com meus pais, porque eles estão acostumados a ficar perto das pessoas e meus pais os isolariam em uma área só pra eles, dormiriam fora, etc. Fora o trabalhão que dá!!! Eu não deixaria em um hotelzinho, a não ser que fosse MUITO MUITO LEGAL rsrs. Eu provavelmente deixaria os dogs com esta minha vizinha, que tem tempo e paciência pra cuidar deles, fora a estrutura, que é importante levar em conta. Por exemplo: se você não gosta que leve os dogs para passear na rua (como eu), precisa escolher alguém que tenha um espaço pet em casa, no condomínio, sei lá. Que tenha um quintal protegido, onde não corra o risco de eles fugirem (ou mesmo serem roubados) ou que tenha um espaço pet dentro do condomínio – se for um condomínio.

Em uma próxima experiência, certamente deixarei com ela.

E você? Tem alguma experiência semelhante pra contar?

Caso queiram a minha indicação, entre em contato: contato@ladybusybee.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: