Mês: março 2017

O que fazer com um coração devastado?

Minha flor de formosura. Eu sei o quanto você tem batalhado e dado seu melhor em tudo. Sei que mesmo nas vezes em que precisou enfrentar algum medo, alguma insegurança, algum paradigma aí dentro de você, você esteve firme e não desistiu ou enfraqueceu. E na maioria das vezes nem foi por sua causa, mas pra segurar a barra por alguém. Sei que muitas vezes você se colocou em segundo plano, para cuidar ou proteger alguém. E cedeu – ou, soube direitinho encontrar um meio termo. Ou ainda, esqueceu totalmente dos seus interesses e das suas necessidades colocando o outro em primeiro lugar, mulher é sempre assim. E também é assim que se faz nas relações humanas: Ou a gente cede, ou a gente encontra um meio termo. Porque quando a gente ama, a gente se doa por inteiro. E a gente ama, por inteiro. E ama cada pedacinho, cada detalhe, cada particularidade. Ama a camiseta podrinha que ele usava, ou o blusão fedido de ficar em casa. Ama a cara que ele fazia quando conseguia …