Estilo de Vida
Deixe um comentário

Cabelos cacheados e aceitação: minha história com meus cachos!

Hoje o post é “off nutrition”, vim falar sobre aceitação. Poderia falar sobre aceitação corporal, mas resolvi falar sobre aceitação do meu cabelo, dos meus queridos cachos!

Desde criança escuto que cabelo bonito é cabelo liso e loiro, quantas vezes não escutei: “nossa, ela é tão linda, pena que tem o cabelo ruim.” Agora me digam, o que seria um cabelo ruim? Não sabia que cabelo falava mal de alguém ou fazia atos não condizentes com a moral e bons costumes da sociedade.

Por favor, apenas parem de falar que o cabelo da fulana é bom ou ruim!!!!

Enfim, após tanta exposição ao cabelo bom /ruim e somente referências de cabelos lisos, longos e loiros, decidi aos 13 anos que iria fazer meu primeiro relaxamento, meu cabelo ficou liso mesmo, porém sem forma, sem brilho, mas estava liso e isso era o que me importava, acredito que fiz esse relaxamento mais uma vez e vi que não estava legal, desisti. Continuei usando meus cabelos livres, leves e soltos, até mais uma vez cair na armadilha do cabelo bom/ruim, foi bem na época da famosa progressiva, aquela cheia de formol mesmo, e é obvio que fiz! No início ficou realmente bonito, mas depois, o cabelo foi ficando fraco novamente, muita química, luzes, chapinha, academia e natação. Tudo isso junto acabou com meu cabelo, tive que fazer o que mais temia, cortei um pouco acima do ombro e escureci novamente.

Depois dessa época, ainda fui convencida mais uma vez a fazer uma progressiva “mais leve” para tratar o cabelo, pois é! Fiz, mas não fazia chapinha, só lavava e secava normalmente, os cachos ficavam, mas bem mais abertos e sem muita definição.

Após essa novela, finalmente decidi, vou ficar com meus cabelos cacheados e vou amá-los. É incrível que quando você se ama e se aceita, você passa a se cuidar melhor e foi o que aconteceu com meu cabelo, fui buscar novas informações, novos produtos e formas de cuidado. Acredito que já estou com meu cabelo totalmente cacheado a uns 6 anos, lógico que tem dia que ele tem vida própria, se revolta, mas eu não ligo, até gosto, acho que combina com meu jeito leve de ser.

Há algumas semanas iniciei uma nova técnica de cuidados no cabelo, para mim novidade, mas vi que muita cacheada já usava a tempos, é a low/no poo, meu cabelo se transformou e olha que faz pouquíssimo tempo que estou usando e ainda não conheço todos os truques.
Vou compartilhar com vocês aqui todos os meus passos na técnica, quem sabe poderemos trocar figurinhas??

Uma coisa importante, já ouvi gente falando que agora o cabelo cacheado está na moda, não é isso, o cabelo cacheado/afro sempre foi inferiorizado e hoje nós estamos empoderadas, isso é fundamental, isso mostra poder e atitude para as meninas mais novas, não existe cabelo ruim, existe o meu cabelo, que é diferente do seu e do da moça da esquina, é a beleza da diversidade que devemos admirar. Precisamos de referências diferentes, mulheres fortes cacheadas, negras, bonecas diferentes, precisamos mostrar para nossas meninas que somos todas lindas!

Não faça nada por imposição da sociedade, a gente pode ser o que quiser: loira, ruiva, cacheada e lisa, o importante é se aceitar e se amar!

Este post foi publicado em: Estilo de Vida

por

Nutricionista, paulistana, que acredita em uma alimentação prazerosa e que ama comer! Apaixonada por corrida de rua e natação, natureza, viagens, estar ao lado das pessoas que ama, passeio no parque, bons livros e vestidinhos fofos! ♥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s