Casa, Sortidos
Deixe um comentário

Macho ou fêmea? Como escolher o novo membro da sua família!

Muitas famílias ficam em dúvida ao escolher um cachorro pra fazer parte da família: macho ou fêmea? Nos centros de adoções as fêmeas são mais procuradas e nos canis são mais caras. De fato, as fêmeas são as preferidas. Na maioria das vezes o motivo é que elas não marcam território (um engano), não levantam a perninha, não fazem coisas feias com a perna das visitas, etc.

No entanto, as fêmeas também têm suas particularidades. Elas podem ser territorialistas e mais ciumentas (não é uma regra, vai depender da sua personalidade). Se não castradas antes do primeiro cio, vão te dar trabalho com o cio duas vezes por ano – trabalho porque requer cuidados!  E por que castrar? Para evitar doenças, para evitar gestações indesejadas, fuga da cadela ou uma legião de machos no seu portão ou durante os passeios. A castração nas cadelas evita uma infinidade de doenças, como o tumor de mama (o de maior incidência em cadelas não castradas). Uma fêmea não castrada pode te dar váááários netinhos, que ou você precisa cuidar e bancar ou você precisa arranjar pessoas confiáveis para doá-los (muita gente vende mesmo e muita gente quer uma cachorrinha justamente pra isso). Além disso, ela pode vir a ter doenças no futuro e te gerar ainda mais gastos. Ah, não vou mais escolher uma fêmea: que é isso, claro que pode escolher uma fêmea, mas precisa castrá-la!!!

Já o macho, na maioria das vezes não é o preferido das famílias por todos estes problemas de marcação de território, brigas, levantar a perninha e batizar o sofá, os móveis, ser bagunceiro, etc. Isso tudo é verdade? Pode ser: depende de algumas coisas:

  • da personalidade do cachorro;
  • da raça do cachorro (já que algumas raças são mais tranquilas do que outras) – o que não quer dizer que um cachorro SRD seja um ponto fora da curva, novamente: depende da personalidade do cachorro;
  • de ele ser ou não ser castrado (e na época certa).

Pois é, estes comportamentos típicos dos machos se resolvem com castração – também! Muitas pessoas não curtem muito esta história de castrar machos, mas esta prática só os beneficia, prolongando sua longevidade, evitando doenças e deixando-os mais tranquilos. Como ele vai ser castrado assim que todas as vacinas obrigatórias acabarem (por volta dos 5 meses), ele nem chegará a aprender a levantar a perninha e fazer sacanagem com a perna das pessoas. Mas como eu disse, o comportamento também depende também da personalidade do cachorro. Os meus dois cachorros são nota 10 em higiene: fazem xixi e cocô no lugar certo. São tranquilos, sociáveis, dormem o dia todo e adoram brincar (principalmente um com o outro). Mas são nota 0 em disciplina: é só eu virar as costas e deixá-los sozinhos por 5 minutos e quando volto encontro caixa de primeiros socorros destruída, cartelas de comprimidos furadas (!), livros comidos, revistas destruídas (e muitas destas coisas não estavam ao alcance deles, além disso são ótimos atletas).

Hugo e Tom

mg_3939

Hugo com a vovó no dia da castração. Ele tinha acabado de fazer 5 meses!

O Hugo foi castrado com 5 meses de idade. A castração não diminuiu sua personalidade um bocado forte! Ele continua sapeca, travesso e safado! Poderia contar várias de suas travessuras. O fato é que ele continua fazendo xixi do mesmo jeito que fazia quando era bebê e faz  – sempre fez – no lugar certo.

_mg_4463

TomTom, meu cachorro tímido! ♥

O Tom, que veio aqui pra casa quando completou 1 ano, tinha sido castrado com 3 meses. Assim que chegou em casa foi direto no tapete e fez xixi: também não ergue as perninhas. Quando passeiam na rua, eles percebem que tem cheiro de xixi nos postes, nas pernas dos bancos, mas tadinhos… eles não entendem o motivo! rs Porque antes que eles aprendessem, os hormônios foram tirados através da castração.

E o segundo cachorro? Macho ou Fêmea?

Para não deixar o Hugo sozinho, nós resolvemos trazer um segundo cachorro pra casa. Eu queria um cachorro que gostasse de carinhos, porque  sou meio Felícia. Uma criadora então me disse que as fêmeas shih-tzu (a mesma raça do Hugo) não gostam de muita paparicação, no geral. Que gostam de ficar no canto delas. No entanto, novamente: não é uma regra, depende da personalidade dela. No geral, funciona assim: Fêmea com Fêmea: vai rolar briga, porque são territorialistas. Uma vai se impor sobre a outra: ei! Sou eu que mando aqui! Fica na sua! Macho com fêmea vai ter filhotes se eles não forem castrados. Macho com macho pode dar briga, mas eles são mais relax, mais da paz. É normal que haja no começo um montando no outro (sinal de dominância) e uma pequena briga como quem diz: eu sou o líder! Depois, eles vão curtir um UFC canino, você percebe que fazem pra brincar e que não é uma briga de verdade (duas fêmeas não: são tapas e unhas). Há pontos fora da curva. Sei de gente que tem duas meninas que são unha e carne. Sei de gente que tem dois meninos que vivem brigando. E sei de gente que tem um casal castrado, que vivem como irmãos.

No fim, que decisão tomar?

Tome sua decisão com base no espaço que você tem em casa, no perfil da sua família e deixe seu coração falar mais alto: se você se apaixonar por um menino, não mude de idéia porque ele é um menino. Você consegue contornar estes probleminhas que o macho tem com a castração. Ou se não quiser castrá-lo, assuma-o como é! Talvez você tenha que mandar lavar o sofá algumas vezes… rs. Assim como, se você se apaixonar por uma menina, leve a menina, mas porque seu coração a escolheu e não porque você acha que elas são melhores ou dão menos trabalho. Ao contrário, elas precisam de muitos cuidados se não forem castradas! Faça sua escolha consciente de que “o melhor” não existe. São todos dignos do nosso amor, cuidado e principalmente responsabilidade.

Eu? Eu tenho dois meninos e sou absolutamente louca por eles (e eles, loucos um pelo outro).

_mg_3989

As dicas e orientações dadas são frutos de experiências próprias e troca de idéias com criadores e outros donos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s