Carreira
Comentários 2

10 dicas para você tirar seu blog do papel ainda hoje!

Image Source

Muita gente me pergunta o melhor jeito de começar um blog ou uma loja on-line. Não há duvidas de que a internet tem sido cada vez mais generosa com aqueles que desejam empreender, possibilitando o início das suas atividades de forma simples e mais  barata. Se você quer iniciar um blog ou uma página na internet, há alguns caminhos a seguir e acho que posso ajudar com alguns deles.

       1. Defina sua intenção.

Tenha bem claro qual é o seu objetivo com a página e com quem você está falando. Por exemplo: no caso do Lady Busy Bee, o objetivo era fazer um site de variedades para mulheres de 25 a 45 anos. Um blog de moda e beleza é diferente de um blog para discutir sobre Filosofia ou de um site sobre contabilidade, por exemplo. Definidos os seu objetivos e público-alvo, fica mais fácil definir o layout do blog.

      2. Dois caminhos

Feito isso, você pode pedir alguns orçamentos em empresas de design web que fazem lay-out para blogs. Estas empresas (é fácil encontrá-las na internet) vão fazer a cara do site do jeito que você quer e vão colocar quantas páginas você quer, com os links necessários, etc. Você também vai precisar contratar uma outra empresa para fazer a programação do site. Os prós deste caminho: você não precisa fazer nada, apenas saber o que quer e fazer o pagamento! rsrs E costuma ficar mais personalizado, com sua cara, do seu jeito. Não vai ter outro blog ou site na internet que seja igual ao seu. Fica lindo! Os contras: costuma ser mais caro. Um bom jeito de encontrar empresas de design é observando os blogs que você mais gosta. Vá até o rodapé e veja quem é o responsável pelo layout.  🙂

Exemplos de blogs assim:

Fer Juaristi – Fotógrafo do México. 

fer-juaristi

By Flothemes

The Everygirl (adoro este site)

the-everygirl

By Eleven Eleven Creative

         3. Tudo por sua Conta

O outro caminho é você utilizar uma plataforma de blogs como o WordPress ou o Wix, só pra falar de duas que eu conheço. Nestas plataformas há três ou mais planos que você pode escolher de acordo com seu bolso e seu objetivo. Por exemplo: se seu objetivo é um site de fotografias, talvez um plano intermediário seja o suficiente, você não precisa de um plano business que tenha loja online, etc. Os prós desta opção: por mais caro que seja, ainda sai mais barato (pelo menos comigo foi assim) do que mandar fazer um layout fora, porque geralmente os layouts já estão inclusos no plano e tanto uma opção que indiquei acima quanto a outra têm inúmeros layouts bem legais e profissionais para você escolher, a não ser que você queira algo bem personalizado. No meu caso, eu sabia que queria construir um layout estilo magazine, com fundo branco – fácil, bem fácil de encontrar! Os contras desta opção é que você precisa fazer tudo sozinha, precisa estudar um pouco pra usar bem todos os recursos.

Sobre as duas opções que dei e utilizei, ambas são boas. No meu caso eu acabei migrando para o WordPress, porque tinha um blog pessoal nele desde 2005 e era mais familiarizada com ele. As duas opções fazem cobranças anuais (uma paulada só no cartão de crédito) em Dólar Americano. Veja a cotação do dia antes de comprar!

        4. Os primeiros passos 

temas-wordpress

Alguns dos temas gratuitos disponíveis no WordPress… é só escolher e personalizar!

Feita a sua escolha, se você encomendou o layout e a programação, comece a planejar o conteúdo das duas primeiras semanas. Você precisa colocar o site no ar com um conteúdo razoável. Escolha um serviço de e-mail para sua newsletter (eu uso o Mailchimp, existem vários outros) e comece seu trabalho. Se você preferiu usar uma plataforma como as sugeridas acima, então você vai gastar uns dois, três dias fazendo toda a configuração do seu site de acordo com o que você quer, por exemplo:

  • logotipo – você vai precisar de um? O designer faz pra você mas o WordPress e Wix não. Você pode pesquisar na internet por aplicativos de logotipo (eu usei o Logaster);
  • Escolher um tema de acordo com a cara que você quer dar para o blog/site. Você quer que seja um blog? Então escolha um tema que tenha posts corridos, um abaixo do outro. Mas se você quer que justamente não tenha cara de blog, então escolha um tema com layout mais moderno. Você quer que seja mais clean? Escolha um tema com fundo branco. Quer que seja colorido? Escolha um tema colorido, você pode personalizar as cores depois. E assim por diante.
  • Defina os “widgets” que quer que existam na barra lateral e/ou no rodapé. Se seu site é um portfólio fotográfico, talvez seja interessante deixá-los apenas no rodapé. Se você quer engajamento (curtidas no Facebook, newsletter, etc), deixe estes aplicativos na barra lateral, onde o acesso é fácil e onde a visualização é melhor e mais rápida.
  • Faça uma barra de Menus como a minha, no início do site;
  • Faça uma página para falar de você;
  • Faça um planejamento de conteúdo para as duas primeiras semanas e comece a trabalhar!

Muitos são os recursos que estas duas plataformas oferecem, você poderá ter um e-mail de contato, plugins, etc. Se não souber do que se trata, procure vídeos tutoriais na própria plataforma ou no Youtube.

A sua escolha? Depende do tamanho do seu bolso e do seu objetivo. Se eu tivesse mais dinheiro para investir, teria contratado um designer. Não tinha, então optei por algo mais simples e flexível.

        5. Capricho

Qualquer que seja sua escolha, lembre-se de que se você for iniciar um negócio online, precisa de um site bem feito! Não adianta fazer algo meia boca. Aí é melhor guardar o dinheiro para quando você possa investir! E a outra dica é: pesquise em sites semelhantes com a mesma proposta que o seu. Veja idéias e inspirações. Parta disso e forme o seu, de acordo com sua personalidade, interesses, objetivos.

        6. Conteúdo

Para planejar o conteúdo, eu utilizo o Trello, um aplicativo muito legal de gerenciamento de projetos. A interface dele é muito simples de utilizar. Basicamente você vai ter um quadro para cada assunto (por exemplo: tenho um para a empresa onde trabalho, outro para o Lady Busy Bee, outro para casa, etc). Dentro do quadro, cada cartão é um assunto. No caso do LBB eu faço ali o planejamento de conteúdo por temas. Defina uma linha editorial e faça o planejamento seguindo esta definição. De acordo com o engajamento, com o tempo você vai entender o que desperta mais interesse do seu público.

       7. Categorias e Tags

Não encha seu blog de categorias. Use algumas poucas e seja mais específica através das tags. Senão pode ficar abrangente e confuso demais. Utilize um widget de “lista de categorias” ou “lista de tags” (ou os dois), para possibilitar ao seu leitor que escolha a leitura por categorias ou por tags.

       8. Divulgação

lbb-facebook

No Facebook, crie uma fanpage do seu blog ou site e convide seus amigos. Comece a compartilhar seu conteúdo de duas formas: compartilhando o post direto na fanpage (você pode deixar padronizado para que toda vez que publicar um post ele já seja promovido na fanpage) e compartilhando o post no seu Facebook pessoal, assim você atrai mais amigos e amigas com o post. E quando puder, faça dois investimentos importantes:

  1. Promover a página para obter mais curtidas (use uma foto de capa que chame a atenção e pense em uma boa frase que vai acompanhar o anúncio. Ah! Escolha direitinho seu público-alvo de acordo com o público-alvo que pensou para o seu blog/site);
  2. Verificar qual destes posts compartilhados na sua fanpage obteve mais curtidas organicamente e impulsioná-lo.

No Instagram e Twitter, utilize hashtags relacionadas ao tema do seu post. Isso funciona muito para atrair curtidas e novos seguidores (de verdade: funciona BEM).

          9. Estudo e muito trabalho! 

Para obter um bom engajamento, você precisa de três coisas:

  1. Estudar SEO. Use os conceitos do “Search Engine Optimization” para manter seu blog bem ranqueado nos buscadores. Há vários lugares onde você pode estudar SEO, inclusive o Youtube. Estude também outras ferramentas de Marketing Digital.
  2. Escreva bons textos, que sejam relevantes para seu público (porque trazem inspirações ou soluções), instigantes, estimulantes, interessantes. Ninguém gosta de conteúdo chato, mal escrito ou que não tenha nenhum link com o público que você escolheu. Para isso você precisa conhecê-lo muito bem! Mantenha uma frequência consistente de postagens! Sempre use imagens e se puder usar vídeos, melhor ainda!
  3. Faça uma boa divulgação. Você não precisa abrir um perfil em todas as redes sociais do planeta, apenas aquelas onde vai achar seu público-alvo. Seja consistente nas postagens. Capriche no título (pesquise na internet como construir bons títulos) e também na descrição da postagem, ali você pode ser um pouco mais específica.

          10. Parcerias e Ajustes!

A gente faz muito melhor juntas o que faríamos sozinhas! Com o tempo, encontre parceiros que combinem com sua filosofia e linha editorial e vá bolando idéias, como vídeos juntos, posts escritos por outras pessoas, tutoriais, etc. Você pode trocar colaborações, por exemplo: convido uma profissional de Acupuntura Sem Agulhas para escrever na minha página, assim compartilho conteúdo interessante e ela tem a oportunidade de divulgar seu serviço. Com o tempo, estas parcerias podem ser monetizadas. O Henrique Carvalho publicou um Infográfico sobre as Múltiplas Faces do Blogueiro de Sucesso e o Bruno Picinini deu várias dicas de como monetizar seu site. Seja qual for o caminho que você opte, faz parte dele fazer ajustes conforme você vai conhecendo melhor seu público, onde e como obtém melhor engajamento.

Veja bem: Eu não sou nenhuma especialista! As informações dadas acima são o que funcionam para mim, frutos de estudos e práticas que fazem parte do meu dia-a-dia de trabalho. O Lady Busy Bee foi feito por mim, pesquisando, testando, arrumando, ajustando. Conforme for aprendendo mais coisas, dividirei com vocês. Se alguém conhece jeitos mais simples ou gostaria de corrigir ou acrescentar mais dicas, comente!

Este post não é um post patrocinado. As indicações foram feitas com base nas minhas pesquisas e minhas experiências.

Você gostaria que eu fizesse um vídeo sobre isso? Deixe sua resposta nos comentários! 

Curtiu o post? Compartilhe com suas amigas!

 

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s