Bem Estar, Estilo de Vida
Deixe um comentário

Por que é tão importante reservar um tempo para não fazer nada?

Image Source:

Conheço um monte de gente que diz que tem as melhores idéias quando está tomando banho. Você já ouviu isso? Se não ouviu, está lendo agora e comigo isso também funciona: tenho ótimos insights quando estou tomando banho. Aliás, mesmo que não tivesse, este continua sendo um dos momentos mais prazerosos do meu dia. Por que será?

Já reparou que quando estamos tomando banho nossa mente relaxa? Nós prestamos atenção na água quentinha (ou fresca) descendo pela nossa nuca e na sensação que ela nos causa. Primeiro nos entregamos a este momento de profundo relaxamento para depois as idéias e pensamentos se aproximarem da gente como nuvens.

´Serendipitia´: idéias que surgem por acaso

O escritor Steven Johnson, autor de “De Onde Vêm as Boas Idéias”, diz entre outras coisas que as boas idéias não surgem do nada. Elas são frutos de um processo de “informação, colaboração e ambientes que permitam a criatividade e a mistura de ideias gerando inovação” (Fonte: UX Design Blog). Entre outras coisas, ele também cita um conto persa, onde três reis foram visitar uma princesa e descobriram no caminho várias coisas que não estavam procurando. Serendipitia é encontrar soluções por acaso. O ócio é fundamental, porque ele nos traz a pausa. O tempo para a observação, a contemplação e a interação. E não e só de processo criativo que nós estamos falando, estamos falando também de “despessurizar”, de silenciar o barulho externo e interno, de reencontrar nosso eixo. Só o ato de parar – simplesmente parar – e observar o nosso entorno nos torna na real mais atentos. É como se nós estivéssemos saindo de um transe.

O Silêncio

Do momento em que nos levantamos até o momento em que vamos dormir, nossa mente não pára. Todo este burburinho nos distancia de processos que são importantes para nos alimentar. O próprio silêncio é uma necessidade da qual nós não estamos mais acostumados e não sabemos lidar. O silêncio incomoda – buscamos uma música, ligamos a televisão – quando nós devíamos saber usufruir dele. O silêncio e a pausa nos colocam de volta nos trilhos e por vezes nos fazem perceber coisas que antes não víamos. Otto Lara Rezende, escritor, fez uma releitura do nosso olhar sobre as coisas: ele propôs em uma crônica para a Folha de São Paulo em Fevereiro de 92 que olhássemos tudo com olhos de crianças, curiosos, como se estivéssemos vendo todas as coisas e pessoas pela primeira vez.

Uma criança vê o que o adulto não vê. Tem olhos atentos e limpos para o espetáculo do mundo. O poeta é capaz de ver pela primeira vez o que, de fato, ninguém vê. Há pai que nunca viu o próprio filho. Marido que nunca viu a própria mulher, isso existe às pampas. Nossos olhos se gastam no dia-a-dia, opacos. É por aí que se instala no coração o monstro da indiferença.

Otto Lara Rezende

A pausa nos serve para nos dar o tempo necessário para voltarmos ao nosso eixo, acordamos nossos olhos, despertarmos nossos sentidos e reencontrarmos nossa paz. Não tenha medo (ou culpa) de não fazer nada. Mas se ficar difícil, lá vão algumas dicas:

  • Escute música clássica;
  • Não escute nada; apenas o barulho da rua ou dos passarinhos;
  • Se você mora perto de alguma praça ou um lugar onde tenha área verde, procure um momento para ficar sozinha e preste atenção no barulho dos passarinhos: os pensamentos fogem da cabeça nessa hora;
  • Na hora do banho, apenas sinta a água caindo na sua nuca e deixe os pensamentos de fora do box, por enquanto;
  • Faça uma meditação prestando atenção na sua respiração;
  • Folheie um livro de imagens ou de poesias;
  • Observe uma criança;
  • Observe um cachorro;
Este post foi publicado em: Bem Estar, Estilo de Vida

por

Sou a Melissa, paulistana, administradora por formação - mas é quando estou fotografando e escrevendo que estou sendo quem eu quero ser. ♥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s